/ notícias / Principal / I Simpósio Internacional de Didática da História – O futuro da Didática da História

I Simpósio Internacional de Didática da História – O futuro da Didática da História

Publicado em

Entre os dias 19 e 23 de setembro, ocorrerá o I Simpósio Internacional de Didática da História, evento organizado pelas Universidades Federais de Goiás e de Pernambuco (UFG e UFPE) e pelo Instituto Federal do Paraná (Campus Curitiba).

O evento contará com a participação de pesquisadores e pesquisadoras de várias instituições do Brasil, da Alemanha e da Colômbia.

A conferência de abertura será realizada pelo professor Jörn Rüsen (Universidade de Witten Herdecke – Alemanha), importante referência das discussões do campo da Teoria da História e de suas preocupações didáticas, e terá a tradução e mediação do professor Estevão de Rezende Martins, outra importante referência da área de teoria da história.  

A conferência de encerramento será realizada pela professora Tatjana Johanna Louis, da Universidad de los Andes, que apresentará importantes resultados de investigações sobre a consciência histórica de sujeitos das comunidades educacionais colombianas, possibilitando, assim, a comparação dos modos de orientação temporal e de usos do conceito de consciência histórica no contexto latino-americano.

A História é uma ciência que reconstrói as experiências humanas no tempo. Ela não lida simplesmente com o passado, mas possui uma relação umbilical com o contexto social contemporâneo. É no presente que as experiências do passado são reconstruídas e reinterpretadas, alterando o modo como atribuímos sentido. Desse modo, as interpretações do passado não somente estão vinculadas à compreensão do presente, mas também ao modo como projetamos expectativas de futuro.

Aprender história, assim, não implica simplesmente em reter informações factuais do passado, mas, em ampliar, transformar, tornar mais complexas o modo como nos compreendemos no mundo. O ensino da história modifica, desse modo, as identidades e os modos de agir. Decorre em grande parte disto, as enormes campanhas protagonizadas por grupos políticos e econômicos privilegiados para descredibilizar o trabalho realizado por historiadores e professores de história, para produzir e disseminar narrativas históricas pouco fundamentadas empiricamente ou unilaterais e para controlar ou eliminar o ensino da História nas escolas. Tais esforços visam legitimar as relações de dominação e de exploração do presente, erradicando expectativas de transformação futura.

Com base nesse pressuposto é que professores de diferentes instituições se reuniram e propuseram mesas com temas relevantes para a História, tanto do ponto de vista das pesquisas, quanto das relações de ensino e aprendizagem na relação com os passados.

O futuro da didática da História é o tema da abertura do evento. Quais são os desafios atuais da Didática da História. O que podemos esperar sobre o seu futuro?

Na sequência, teremos contribuições de pesquisadores e pesquisadoras do Brasil, que vão tratar da produção sobre o campo em nosso país.

Além das relações entre Teoria da História e Didática da História, ou entre Didática da História e Identidades, na noite de segunda e terça, o tema será “Utopia, Emancipação e Didática da História”.

Também teremos pesquisadores dedicados à aprendizagem histórica de crianças, voltando-se para a educação infantil e para os anos iniciais, assim como a relação do ensino de história com os diferentes materiais didáticos.

Duas mesas redondas tratarão do tema Didática da História e Decolonialidade, impulsionando reflexões diversas sobre os desafios atuais da Didática da História em sociedades como a brasileira, fundada em um processo de conquista e de escravidão.  

Todas essas temáticas serão abordadas ao longo da semana.

Trata-se de um evento que debaterá elementos teóricos, mas com os pés fincados nos usos atuais da História na vida pública e nas diferentes realidades escolares.

De acordo com Thiago Augusto Divardim de Oliveira, professor do IFPR e um dos organizadores do evento, essa será “uma oportunidade muito importante para que pesquisadores e pesquisadoras do campo dialoguem e troquem impressões de pesquisas a partir de suas realidades, assim como, professores e professoras de História que vivenciam as relações com a história de maneira muito viva a partir das salas de aula,  possam elaborar suas experiências na relação com os debates e pesquisas”.

Além dessas possibilidades de trocas e elaborações sobre as realidades, a realização do evento poderá colocar em perspectiva alguns problemas que têm se tornado frequentes no Brasil, por exemplo, o negacionismo científico e os abusos políticos da História no presente que, muitas vezes deturpam as compreensões científicas a respeito do nosso passado.

As inscrições para o evento devem ser realizadas pelo link https://www.even3.com.br/i-simposio-internacional-de-didatica-da-historia-o-futuro-da-didatica-da-historia-273092/

Confira a Programação

SEGUNDA 19/09/2022

  • 9h até às 12h

Conferencia de Abertura – O FUTURO DA DIDÁTICA DA HISTÓRIA – Jörn Rüsen – Tradução: Estevão de Rezende Martins

Link para o público (Youtube):

  • 14h até 17h

MESA 01 – DIDÁTICA DA HISTÓRIA NO BRASIL: contribuições de pesquisa

Maria Auxiliadora Schmidt (UFPR)

Maria da Conceição Silva (UFG)

Cristiano Nicolini (UFG)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 19h – 22h

Mesa 02 – UTOPIA, EMANCIPAÇÃO E DIDÁTICA DA HISTÓRIA I

Aline do Carmo Costa Barbosa (UEG)

Eder Souza (UNILA)

Thiago Augusto Divardim de Oliveira (IFPR)

Link da transmissão para o público (Youtube):

TERÇA-FEIRA  20/09

  • 9h até 12h

MESA 03 – DIDATICA DA HISTÓRIA E TEORIA DA HISTÓRIA

Estevão de Rezende Martins (UnB)

Luiz Sergio Duarte da Silva (UFG)

Rafael Saddi (UFG)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 14h até 17h

MESA 04 – DIDÁTICA DA HISTÓRIA E IDENTIDADE

Wilian Junior Bonete (UFPEL)

Nilson Javier Ibagón Martín – Universidad del Valle (Colombia)

Geyso Dongley Germinari (UNICENTRO)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 19h até 22h

MESA 05 – UTOPIA, EMANCIPAÇÃO E DIDÁTICA DA HISTÓRIA II

Caroline Pacievitch (UFRGS)

Luciano de Azambuja (IFSC)

Marcelo Fronza (UFMT)

Link da transmissão para o público (Youtube):

QUARTA FEIRA 21/09/2022

  • 09h até 12h

MESA 06 – DIDÁTICA DA HISTÓRIA E MATERIAIS DIDÁTICOS

Margarida Dias Oliveira (UFRN)

Osvaldo Rodrigues (UFMT)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 14h até 17h

MESA 07 –  DIDÁTICA DA HISTÓRIA E OS USOS PÚBLICOS DA HISTÓRIA

Marlene Rosa Cainelli (UEL)

Marcia Elisa Teté Ramos (UEM)

Ronaldo Cardoso Alves (UNESP)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 19h até 22h

MESA 08 – DIDÁTICA DA HISTÓRIA E DECOLONIALIDADE I

Ana Carolina Barbosa Pereira (UFBA)

Luciana Leite da Silva (UFCAT)

Wallace de Moraes (UFRJ)

Link da transmissão para o público (Youtube):

QUINTA-FEIRA 22/09

  • 9h até 12h

MESA 09 – AS DIDÁTICAS DA HISTÓRIA QUE FAZEMOS: jeitos, sujeitos e lugares.

Luís Fernando Cerri (UEPG)

Oldimar Cardoso

Arnaldo Szlachta (UFPE)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 14h até 17h

MESA 10 – DIDÁTICA DA HISTÓRIA E DECOLONIALIDADE II

Janaina de Paula do Espírito Santo (UEPG)

Wilian Carlos Barom (UFPR)

Marcelo Felisberto Morais de Assunção (UFRGS)

Link da transmissão para o público (Youtube):

  • 19h até 22h

MESA 11 – APRENDIZAGEM HISTÓRICA DE CRIANÇAS: desafios e contribuições da didática da história

Ana Claudia Urban (UFPR)

Andressa Garcia Pinheiro de Oliveira (SME-Curitiba)

Thiago Costa Sanches (UNILA)

Link da transmissão para o público (Youtube):

SEXTA FEIRA 23/09/2022

Conferência de Encerramento

EL IMPACTO DEL TRABAJO MEMORIAL EN LA COMUNIDAD EDUCATIVA COLOMBIANA: una

exploración en la conciencia histórica.

Tatjana Johanna Louis – (Universidad de los Andes – Colômbia)

Mediador e Debatedor: Roberto Abdala Junior (UFG)

Link da transmissão para o público (Youtube):

Comissão Organizadora do I Simpósio Internacional de Didática da História:

Prof. Rafael Saddi (PPGH-UFG)

Prof. Arnaldo Szlachta (PPGHistória-IFPE)

Prof. Thiago Augusto Divardim de Oliveira (IFPR)

Prof. Luiz Sergio Duarte da Silva (PPGH-UFG)

Texto: Comissão Organizadora

R. João Negrão, 1285 – Rebouças, Curitiba – PR, 80230-150.

Topo