Seu browser não suporta JavaScript!

Portal Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro
Página Principal » Menu Acadêmico » DPEI - Diretoria de Pesquisa, Extensão e Inovação » Extensão

Extensão

As ações de extensão constituem um processo educativo, cultural, científico e político que articula o ensino e a pesquisa de forma indissociável, para viabilizar uma relação transformadora entre o Instituto Federal e a sociedade.  Para tanto as ações de extensão envolvem necessariamente a comunidade externa, sendo fundamental a participação de discentes.  

O Plano Nacional de Extensão define diretrizes que devem orientar a formulação e implementação das ações de Extensão:

Impacto e transformação: estabelecimento de uma relação entre o IF e outros setores da sociedade, com vistas a uma atuação transformadora, voltada para os interesses e necessidades da maioria da população e implementadora de desenvolvimento regional e de políticas públicas.

Interação dialógica: desenvolvimento de relações entre o IF e setores sociais marcadas pelo diálogo, pela troca de saberes, superando o discurso da hegemonia acadêmica – que ainda marca uma concepção ultrapassada de extensão – substituindo-o pela idéia de aliança com movimentos, setores e organizações sociais.

Interdisciplinaridade e Interprofissionalidade: as intervenções sociais, devido a sua complexidade, requerem a interação de conceitos e metodologias oriundos de várias disciplinas e áreas do conhecimento, assim como a construção de alianças intersetoriais, interorganizacionais e interprofissionais.

Indissociabilidade ensino – pesquisa – extensão: reafirmando a extensão como processo acadêmico em que toda ação de extensão deverá estar vinculada ao processo de formação de pessoas e de geração de conhecimento, tendo o aluno como protagonista de sua formação técnico-científica e de sua formação cidadã.

O eixo pedagógico clássico ‘estudante – professor’ é substituído pelo eixo ‘estudante – professor – comunidade’. O estudante, assim como a comunidade com a qual se desenvolve a ação de Extensão, deixa de ser mero receptáculo de um conhecimento validado pelo professor para se tornar participante do processo.

Visando à produção de conhecimento, a Extensão sustenta-se principalmente em metodologias participativas, no formato investigação-ação (ou pesquisa-ação), que priorizam métodos de análise inovadores, a participação dos atores sociais e o diálogo.

As ações de extensão são classificadas em projeto, programa, curso, evento e prestação de serviços, e obedecem às seguintes definições:

  1. Projeto: conjunto de atividades processuais contínuas, de caráter educativo, social, cultural ou tecnológico com objetivos específicos e prazo determinado que pode ser vinculado ou não a um programa. A duração mínima é de 3 meses, sendo o ideal o período de um ano, prorrogável por mais um ano.
  2. Programa: conjunto articulado de projetos e outras ações de extensão (cursos, eventos, prestação de serviços). Preferencialmente de caráter multidisciplinar e integrado a atividades de pesquisa e de ensino e execução a médio e longo prazos.
  3. Curso de Extensão: ação pedagógica de caráter teórico e/ou prático, presencial ou a distância, planejada de modo sistemático e com critérios de avaliação previamente definidos. Organizam-se com carga horária mínima de 08 horas.
  4. Eventos: Ações que implicam na apresentação e/ou exibição pública, livre ou com público específico de conhecimento ou produção reconhecidos pelo IFPR. Dirigido a comunidade interna ou externa, os eventos podem ser ofertados em diversos formatos adequados aos seus objetivos (congresso, seminário, ciclo de debates, exposição, espetáculo artístico, evento esportivo, festival e outros).
  5. Prestação de serviços: Realização de trabalho oferecido pela Instituição ou por processo de colaboração com terceiros (comunidade, empresa, órgão público, etc.) regulado por instrumento legal específico. Atendimento ao público em espaços de cultura, ciência e tecnologia (museus e cineclubes), serviços eventuais de consultoria, assessoria, curadoria ou laudos técnicos – são modalidades de prestação de serviços. Além disso, o atendimento jurídico e judicial, de saúde humana ou de saúde animal.

 

Para conhecer mais sobre as Políticas e Ações de Extensão consulte:

 Coordenadoria de Extensão na PROEPI/IFPR:

http://reitoria.ifpr.edu.br/menu-institucional/pro-reitorias/proepi-2/extensao/coordenadorias/

  Documentos da Rede Nacional de Extensão – RENEX

http://www.renex.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=45&Itemid=20

« « Pesquisa   COPE » »

 

IFPR - Câmpus Curitiba - Rua João Negrão, 1285. Rebouças - CEP 80230-150 - Curitiba - Paraná - Brasil.